Novo patrocinador do futebol inglês pagará clubes com Bitcoin

  • Categoria: ESPORTE
  • SubCategoria(s): FUTEBOL DE CAMPO
  • Data: 03/09/2018 16:24:39

Empresa firmou parceria com sete clubes da Premier League

A eToro, plataforma global de investimentos de criptomoedas, firmou parceria com sete clubes da Premier League, a principal competição do futebol inglês, o que marca o primeiro passo em trazer a oportunidade oferecida pelo Bitcoin e criptomoedas para o futebol.

De acordo com uma publicação no site de um dos clubes listados no acordo, o Crystal Palace F.C., a eToro acredita que o novo meio de transações financeiras pode melhorar o futebol e o mundo dos esportes em questões como emissão de ingressos, transparência e garantia de autenticidade para mercadorias.

Assim como nos demais clubes que fecharam a parceria (Tottenham Hotspur, o Newcastle United, o Southampton, o Leicester City, o Cardiff City e o Brighton & Hove Albion) a eToro ganhará exposição global através de uma grande série de oportunidades de marketing, incluindo placas LED no dia das partidas, acesso de jogadores, ingressos e direitos digitais.

“Estamos entusiasmados por fazer parceria com tantos clubes e fazer história sendo a primeira empresa a pagar por uma parceria da Premier League em bitcoin”, disse Iqbal V. Gandham, diretor-geral da eToro no Reino Unido, que também chamou, metaforicamente, a parceria de “belo jogo”, pois acredita que isso trará mais transparências aos torcedores.

Barry Webber, diretor comercial do Crystal Palace, afirmou:

“A tecnologia Blockchain tem trazido excelentes oportunidades para todas as áreas de negócios e estamos muito satisfeitos por receber a eToro como parceiro, para que possamos explorar o seu potencial no futebol”.

Fran Jones, executivo no Tottenham, possivelmente o maior dentre os sete clubes agora associados à eToro, disse que a parceria foi aceita porque o clube está “comprometido com a tecnologia e inovação”, notou a CCN.

Já o site britânico Telegraph notou o comentário de Paul Barber, executivo-chefe do Brighton & Hove Albion, que disse que o projeto “os ajudará a entender melhor o verdadeiro potencial oferecido pelo blockchain”.

A Premier League football é o evento futebolístico mais televisionado do mundo e atrai bilhoes de pessoas. A eToro, que tem sede em Limassol, no Chipre, possui mais de 6 milhões de usuários e agora ganhará grande exposição de marketing na primeira divisão de futebol da Inglaterra.

Criptomoedas e futebol

No início deste mês, o Gibraltar United F.C., time da primeira divisão da liga nacional local (que também fica no território britânico), anunciou que vai passar a pagar jogadores em criptomoedas. O clube vai remunerar todos os atletas desta maneira a partir da próxima temporada, que começa em agosto.

Gibraltar é um dos Estados mais avançados do mundo em termos de regulação financeira e, por isso, se torna um bom ambiente para os negócios com criptomoedas. Segundo o dono do clube, “foi o primeiro lugar que regulamentou empresas de apostas há 20 anos, quando todos viam isso como algo horrível”.

No entanto, não é a primeira vez em que um clube esportivo faz algum tipo de transação em bitcoin. Na Turquia, o ‘Harunustaspor’ contratou o jogador Faruk Kiroglu e pagou uma parte em dinheiro e outra em bitcoin.

Outros exemplos de uso de criptomoedas no esporte estão ligados a sites de apostas, plataformas de jogos e promoções. O Arsenal, por exemplo, foi a primeira grande equipe mundial a assinar um contrato de patrocínio com uma empresa do setor criptoeconômico. Em janeiro, o time inglês passou a ser apoiado pela CashBet.


Fonte: Wagner Riggs - Portal do Bitcoin



Compartilhe
 
   

Busca

Categorias

Os 5 Mais Lidos

Twitter

Facebook